Devocional · Reflexão

Vivendo o processo

Há processos na vida que são doloridos.

Eles parecem não ter fim nem resultado. Mas um processo não é a etapa final – ele é parte do meio de caminho, porta de entrada para uma nova fase.

Ainda assim, não é fácil passar por um processo. É incômodo. Mexe com a nossa estrutura. Traz perguntas que temos receio de responder. 

Por isso, a ansiedade quer apressar o processo.
O desconforto quer interromper o processo.
A vontade que temos é pular o processo.

Mas como é importante viver o processo!

Porque é no processo que:

  • o caráter é moldado
  • aprendemos na prática lições valiosas e necessárias
  • lidamos com nossos erros
  • reconhecemos as fraquezas e conhecemos ainda melhor nossas forças
  • enxergamos mais claramente para onde queremos ir
  • deixamos para trás o que não faz sentido
  • somos encorajados
  • percebemos quem está conosco para valer
  • entendemos que há tempo para todas as coisas
  • enfrentamos medos
  • recebemos a porção de esperança de cada dia
  • nossa fé é fortalecida
  • experimentamos o amor e cuidado de Deus de uma forma única.

É vivendo o processo que somos transformados!

E assim, nosso coração se aquieta confiante, sabendo que a próxima fase nos encontrará mais fortes, preparados, mais parecidos com Jesus e muito mais satisfeitos nEle.

Poesia

Na janela

Na janela, uma garota a sonhar.

Na janela, ela.
Pensando em tanta coisa.
Sonhando com algumas.
Sentindo tudo.

E decidindo: a janela aberta vai ficar.
Só assim para que outras paisagens (ainda mais belas) possa contemplar.
Só assim para que a luz do sol (e da vida) possa entrar.

Pela janela, Ela vê a esperança.

Devocional

Olhar para Ti

Olhar para Jesus como a simplicidade de uma flor roxa
 

Eu olho para Ti, Jesus.

E olhando para Ti, vejo tuas mãos gentis que curam, teus olhos que se encantam ao ver os lírios do campo, teu riso caloroso que convida as crianças para perto, teus pés que dançam em uma festa de casamento.
 
E olhando para Ti, vejo tua compaixão com os que sofrem, teu cuidado com os feridos pela vida, teu acolhimento com os desprezados, teu convite de descanso aos cansados e aflitos.
 
E olhando para Ti, vejo tua paciência com os duvidosos, teu ensino combatendo os hipócritas e religiosos, tua verdade que liberta.
 
E olhando para Ti, vejo tua autoridade sobre os mares e ventos, tua abundância sobre pães e peixes, teu poder que transforma: a água em vinho, o choro em riso, o perseguidor em seguidor, o excluído em amigo, o perdido em achado, a morte em vida.
 
E olhando para Ti, vejo teu sofrimento, tua acusação, tua rejeição, teu abandono, teu sacrifício, tua morte.
 
E olhando para Ti, ali mesmo na cruz, vejo teu amor, tua graça, teu perdão.
 
E olhando para Ti, vejo um túmulo vazio, tua ressurreição, tua vitória – a vida que vence!
 
E olhando para Ti, vejo luz, ordem, sentido e esperança.
 
E olhando para Ti, vejo que estás olhando para mim. E o teu olhar me diz: “é por você, é para você, é para sempre”.
 
E neste teu olhar de amor, ah, Jesus, eu posso descansar.
 
Todo dia, tudo o que eu mais preciso é, simplesmente, olhar para Ti.