Poesia

Quem sabe um dia…

Quem sabe um dia haja coragem para enfrentar todos os medos e o novo não assuste mais. Quem sabe um dia se aprenda que os gritos de fúria nada resolvem e que o silêncio muitas vezes é melhor que palavras.

Quem sabe um dia a voz do amigo que partiu volte a ser nítida na memória e a dor daquela segunda-feira não atinja mais.  Quem sabe um dia o perdão brote no coração machucado e depois da queda, se tenha força para continuar.

Quem sabe um dia os valores permaneçam apesar das circunstâncias e as boas atitudes não dependam do humor. Quem sabe um dia os muros da zona de conforto sejam derrubados e o comum não seja mais suficiente.

Quem sabe um dia cada oportunidade seja aproveitada para fazer alguém feliz e as declarações de amor não fiquem presas na garganta. Quem sabe um dia as expectativas não se frustrem e os sonhos, por mais impossíveis que possam parecer, se realizem. 

Quem sabe hoje seja esse dia…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s