Poesia

Palavras, poderosas palavras

Palavras, meras palavras
Pretensiosas, buscando traduzir emoções
Tentando dizer aquilo que nem consigo entender

Às vezes são forjadas, gentis, disfarçando a fúria
Mas de repente, não sendo possível segurá-las
Trazem à tona mágoas guardadas e dores profundas

Às vezes as palavras são apenas sussurros
Segredos lançados ao vento
Desejosas de serem levadas ao coração certo
Quando não há a coragem de serem ditas estando perto

E às vezes são gritos aos quatro cantos
Declarações sem nada a esconder
Palavras que já não cabem aqui dentro
Que lutam para ser livres e alcançar a quem tem direito

Quantas vezes são confusas, sem sentido
Sem começo, meio ou fim
Querendo narrar uma história que não acabou
Querendo explicar um amor que nem o coração compreendeu


Palavras, palavras e palavras
Sempre revelando o que há dentro de mim
Muitas vezes ditas só por um olhar
Quantas vezes ditas simplesmente pelo silêncio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s