Poesia

Como compreender tamanho amor?

As palavras não poderiam descrevê-lo com perfeição
Pois antes mesmo que elas existissem, Ele é.

Os céus não poderiam contê-lo,
Nem a religião limitá-lo.

A ciência não poderia explicar 
Nem tão pouco minha mente entender. 

Afinal, como compreender que Ele, enquanto criava céus e terra cheios de beleza, também pensava em mim?
Como compreender que Aquele que é o Deus Todo-Poderoso buscava a companhia de Adão no jardim?

Como compreender que Aquele que é o Deus cheio de Glória e Majestade se sujeitou a um corpo humano?
Que Aquele que é Deus Tão Grande se fez menino e habitou entre nós?

Como compreender que Aquele que é a própria Vida aceitou morrer por mim?
Como compreender que todo o sofrimento, entrega e submissão de Cristo até a morte (e morte de cruz), foi para que eu pudesse voltar para seus braços, em paz?

Como compreender a dimensão do que faz por mim desde que nasci?
Que o Deus Soberano se importa com cada dor, medo, angústia do meu coração?

Como poderia compreender a profundidade do seu amor?
Que o Deus que é Santo, Santo e Santo amou a mim, pecador?

Ainda que eu vivesse mil anos, não compreenderia mais do que compreendo hoje.
Ainda que passasse todos os minutos O agradecendo, não bastaria diante do que recebi.

Oh, que bom saber que terei a eternidade para agradecê-lo e louvá-lo.
Que terei a eternidade para compreender e viver todo esse Amor!
E como é maravilhoso saber que ainda assim não será suficiente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s