Poesia

Levante os olhos

Céu, Três Pontas/MG



Quando os dias forem pesados, levante os olhos e se divirta com as nuvens brincando sob o sol radiante.

Quando pensar em desistir, olhe para o céu decorado e veja as estrelas que há milhões de anos insistem em fazer sua luz brilhar.

Quando a vida trouxer desespero, olhe para o céu que se fechou para uma tempestade e aguarde. Percebe quão temerosa ela foi, mas quão rapidamente se desfez para que o sol voltasse a iluminar?

Quando se sentir sem rumo, levante os olhos e contemple o infinito. Não é assim também a vida, trazendo infinitas possibilidades?

Quando sentir medo diante das mudanças, olhe para o céu e observe a lua. Não há beleza em cada uma de suas fases?

Quando sentir saudade, olhe para o céu e lembre-se que é o mesmo que cobre a pessoa amada. Essa lembrança não lhe faz sentir o quão perto estão?

Quando a noite parecer tão longa e negra, assista ao nascer do sol e sinta o coração se acalmar.

Quando a alma radiar de alegria, e amor, e beleza, olhe para o céu e agradeça.
Olhe para esse manto que se estende sobre os apressados, amargurados e apaixonados.
Que se estende sobre os que sonham, os que acordam e os que se esquecem.
Que se estende por todos, criado por Ele para todos.

E quando o fim chegar, mais uma vez, levante os olhos.
Poderá ver o céu se abrindo e quem vem te encontrar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s