Poesia

E viu Deus que era bom!

Do caos, ordem
Da escuridão, luz

E do nada, quanta beleza se fez.

Por meio de cada palavra, uma obra de arte!
Quanta criatividade. Quanta riqueza de detalhes! 

Cada semente, fruto e flor

Cada ser, da mais delicada joaninha ao mais veloz falcão
Tudo feito bom!
Feito pelo Deus que é bom.

Mas quando perceberemos o quanto temos destruído?
Que negligenciamos a missão de cuidar desse lindo jardim?

Que hoje possamos ver, como um dia Deus viu, que o que foi feito é bom. 
E assim, com nossas ações, contemplarmos tamanha beleza.

Poesia

Contemplação

A cada novo dia, encontro motivos para me surpreender com teu grande amor. Contemplo a beleza das obras de tuas mãos e vejo como Tu és Belo.

Vislumbro as diferentes cores e formas, e percebo como és criativo. Tantos detalhes, minuciosos e perfeitos, prova de que teu cuidado vai além de minha compreensão.

Como olhar para a imensidão do mar e não me emocionar?
Sentir a brisa e não me lembrar do refrigério que minha própria alma sente?
Ver as estrelas nos céus e não reconhecer o teu carinho chamando cada uma por seu próprio nome?
Ouvir as melodias da própria natureza e um novo cântico não entoar?

Fico a imaginar como foi aquele dia, em que ao som de cada palavra, uma arte era esculpida. Ah, se eu estivesse presente, assistindo tal espetáculo…

Não ousaria dizer sequer uma palavra ou mesmo aplaudir.
Simplesmente contemplaria com gratidão a Tua própria beleza, refletida nos céus e terra, obra de tuas mãos.