Poesia

Mãe, amor infinito

Uma mãe segurando sua filha nos braços

MÃE
Você é a origem,
o primeiro encontro,
sangue que pulsa junto,
vida que se estende.

Você é colo,
olho no olho,
afago, abraço apertado,
beijo que deixa marca de batom.

Você é vigília
nas noites de febre,
nas madrugadas de festa,
a que espera, a última a dormir.

Você é amiga,
ouvinte,
cúmplice,
confidente.

Você é direção,
conselho,
bronca,
outra chance.

Você é culpa,
medo, dúvida,
choro,
recomeço.

Você é força,
calmaria,
segurança,
fé inabalável.

Você é memória,
enraizada no coração,
sempre viva,
sempre presente.

Mãe, você é esse
amor tão lindo:
infinito,
o primeiro,
o que não terá fim.

Oração

Oração pelas Mulheres

Hoje a minha oração é pelas mulheres.

Oro por todas as mulheres que sofrem em meio à essa guerra insana, carregando fardos que eu não consigo imaginar.

Oro pelas mulheres que são expostas à dor, física e emocional, desde meninas.
Por aquelas que estão cansadas e sobrecarregadas, mas que continuam seguindo com toda sua força.
Por aquelas que gritam a plenos pulmões e por aquelas que choram em silêncio, na calada da noite.

Oro por aquelas que são injustiçadas, que perdem batalhas sem a oportunidade de lutar,
E por aquelas que já viram monstros, mas continuam de olhos abertos para a vida.

Oro por aquelas que são agredidas por estranhos e por aquelas que são machucadas por quem amam.
Oro por aquelas que são discriminadas, julgadas e condenadas sem sequer terem a chance de se pronunciarem.
E por aquelas que são ofendidas, humilhadas e desrespeitadas, inclusive em ambientes em que deviam se sentir protegidas.

Oro por aquelas que estão angustiadas, pensando que estão sozinhas,
Por aquelas que se veem abandonadas,
E por aquelas que tem sido obrigadas a abandonarem seus sonhos.

Oro pelas mulheres que são mães, mesmo sem filhos.
Que são amigas, mesmo quando não compreendem.
Que são lindas, mesmo que ninguém lhes diga.

Oro por aquelas que com o riso, fazem o dia mais colorido.
Que com doçura, fazem o dia mais leve.
Que com garra, fazem a diferença.
Que com palavras, fazem as mais lindas poesias
E que no silêncio, sustentam muitos com seu amor.

Oro por aquelas que, humildemente, se dispõem com “Eis me aqui”, a Deus e ao outro
Por aquelas que se assentam aos pés do Mestre para aprenderem,
E por aquelas que lavam os pés dEle com lágrimas, derramando a própria alma em adoração.

Oro por aquelas que são esquecidas por aqui,
Mas que diante do Deus Criador são lembradas com terno amor.

(publicado em 2014, atualizado em 2022)