Poesia

Mãe, amor infinito

Uma mãe segurando sua filha nos braços

MÃE
Você é a origem,
o primeiro encontro,
sangue que pulsa junto,
vida que se estende.

Você é colo,
olho no olho,
afago, abraço apertado,
beijo que deixa marca de batom.

Você é vigília
nas noites de febre,
nas madrugadas de festa,
a que espera, a última a dormir.

Você é amiga,
ouvinte,
cúmplice,
confidente.

Você é direção,
conselho,
bronca,
outra chance.

Você é culpa,
medo, dúvida,
choro,
recomeço.

Você é força,
calmaria,
segurança,
fé inabalável.

Você é memória,
enraizada no coração,
sempre viva,
sempre presente.

Mãe, você é esse
amor tão lindo:
infinito,
o primeiro,
o que não terá fim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s