Poesia

O Fruto do Espírito*

Amar, ainda que não seja correspondido, mesmo quando as decepções são frequentes ou o desprezo é evidente. Amar da maneira mais pura, simples e doce. Amar com o amor que expulsa o medo, que não busca seus próprios interesses, que ultrapassa as diferenças.

Alegrar-se
com os milagres do dia-a-dia como o nascer do sol, o ar que se respira, o pão diário. Alegrar-se com os que se alegram e alegrar os que já não encontram motivo para sorrir. Alegrar-se com o amor demonstrado no sacrifício de Cristo e com a graça da salvação.


Sentir a paz verdadeira, dada pelo próprio Príncipe da Paz, no meio dos problemas, guerras que nem sabemos como vencer. Produzir e zelar pela paz em todo lugar, aonde formos, com que estivermos. Paz, quietude e tranqüilidade no coração, mesmo quando todo o corpo é ameaçado.

Longanimidade
, palavra pouca utilizada, mas tão necessária. É manter o equilíbrio, demorar a se irritar, ser paciente com as pessoas, com as situações da vida e consigo.

Ter benignidade para com o próximo, sem interesse ou outras intennções. Não lhe causar dor, mágoa, ressentiments. Protegê-lo com amor, carinho e cuidado. Importar-se com suas angústias e necessidades.

Ser bondoso com o amigo, família ou com um desconhecido. Mesmo que implique em ser prejudicado ou ridicularizado. Mesmo que não seja valorizado. Fazer o bem que está às mãos e quando nem está tão perto delas.

quando todas as forças se esvaem. Fé, apesar das circunstâncias se provarem contrárias ao nosso querer. Fé, esperança do que não se vê. Fé no que é impossível, improvável, apenas um sonho. Viver na fé, andar por fé e simplesmente, ter fé no Autor da Fé.

Mansidão, humildade diante de Deus e para com o outro é cuidado nas palavras, gestos e olhares. Responder com calma, agir após ponderar. Saber ouvir, compreender e respeitar.

Dominar a si mesmo, mesmo que o impulso para o mal seja tão forte a ponto de deixar a razão de lado. Respirar fundo e conversar, mesmo quando ache que é necessário gritar ou ache justo bater. Controlar os sentimentos que agridem aos outros e a si. Silenciar as palavras que matam a fé, esperança e amor.

Amor, Alegria, Paz, Longanimidade, Benignidade, Bondade, Fé, Mansidão e Domínio Próprio: Fruto do Espírito Santo.
Que minha vida seja terra fértil…


*Alguns trechos foram extraídos das Sagradas Escrituras

Um comentário em “O Fruto do Espírito*

  1. Lindo miga!!Lindo texto. Quando paramos para ler percebemos o quanto Deus tem de misericórdia para conosco, pois somos tão falhos. Buscamos tanto as bençãos e cultivamos tão pouco para termos frutos.Deus te abençoe cada vez mais!! Bjão

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s