Poesia

Mudanças

Mudanças pelo mundo, na ciência, na história e em mim.
Estações, fases da lua, tempo. Ao final de cada ciclo, a mudança acontece.
Por que a surpresa de que também há mudanças em mim a cada dia?

As mudanças externas são as mais simples. Mudar o que sinto, penso, desejo é desafio.
Mudo os planos, mas o passado continua imutável.
Mudo minha postura, mas como é difícil mudar o comportamento.
Mudo o jeito de falar, mas mudar as palavras é grande esforço.

Mudo a rotina, a alimentação, os móveis.
Mudo os sonhos, o amor, as decisões.
Mudo as músicas, os versos, as poesias.

Os amigos? Apesar da distância e desencontro permanecem os mesmos.
As lembranças? Até as mais tristes me acompanharão ao longo da estrada.
Os valores? Fazem parte da minha essência e mudá-los significará morte.
A fé? Nem se eu quisesse poderia mudar o que está gravado no meu coração.

Algumas mudanças eu quase não percebo. Outras eu nem permiti que acontecessem.
Antes elas me assustavam.
Hoje vejo o quanto são necessárias.

Mudanças que me fazem crescer, me tornam melhor, me permitem ver o mundo mais colorido…



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s