Poesia

O que tem valor?

O que realmente tem valor?
Aquilo que vem acompanhado de números?
Aquilo que posso tocar, exibir?

Quem inventou que as coisas valem mais do que as pessoas?
E por que aceitamos essa invenção?
Haverá tempo para entender que isso levará à destruição?

Tenho aprendido que ser é mais do que ter,
Amar vale mais que querer, ações mais que palavras
E a alma muito mais que o corpo.

Tenho percebido que alguns momentos valem pela vida inteira
Contemplar o por do sol, gargalhar com os amigos, ouvir velhas histórias
Ver num sorriso desconhecido amizade, Silenciar diante do majestoso

Momentos que valem tanto, mesmo sem ter preço
Que perduram, apesar do instante e que, simplesmente, fazem a vida valer por si mesma.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s