Poesia

Longa espera

Revolta sem sentido
Tristeza que não diz o motivo
Um mau humor incontrolável
Um desprazer desagradável

Difícil disfarçar, impossível explicar
Quem entenderá?

O sorriso que já não se vê.
Terá se perdido entre as lágrimas?

A esperança que já não se vê.
Será que foi embora junto com os sonhos?

Ah, como o choro da noite tem demorado a passar.
Ah, como a alegria tem demorado a romper com o amanhecer.

Longa espera para ver esse dia chegar
Espera que aumenta a angústia,
Que cria tantas outras dúvidas,
Que prova a paciência, prova a fé.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s