Poesia

Recomeço

Por não saber o que queria, deixou de procurar
E não sabendo para onde ia, ficou no mesmo lugar

Pelo medo, não quis arriscar
E pela dor guardada, não voltou a amar

Por causa das desilusões, aprendeu a duvidar
E por causa das feridas, não conseguia mais perdoar

Querido, mas não sabe que assim sua vida desfalece?
Que o amanhecer perde a força de ser um novo dia?

Querido, não percebe que há flores na estrada?
Que há esperança e sorriso se seguir em frente?

Querido, ainda há muito para ver e sentir!
Veja os tesouros prontos para serem achados,
Veja as muitas paisagens em que você pode encontrar o seu lugar.

Querido, enxugue as lágrimas e deixe as feridas sararem!
Permita-se ao risco, ao amor, ao perdão e a fé.
Permita-se ao recomeço quantas vezes for preciso.
Permita-se a vida.

Um comentário em “Recomeço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s