Poesia

Identidade


Enquanto sentimentos eram escondidos,
Enquanto as ações eram disfarçadas, até forçadas,
Muitas palavras bonitas eram ditas.

E assim, ele seguia.
Andando por aí, sempre atento em parecer ser.
E olha só, acabou não encontrando tempo para realmente ser quem desejava.
Sempre preocupado em causar uma boa impressão,
Nem percebeu que durante o caminho ia perdendo aqueles que um dia impressionou. 

Até que um dia, já não se reconhecia.
Olha só! Estava acreditando em suas próprias mentiras.
Percebeu que as aparências, palavras e ações enganam, mas não por muito tempo.

Foi então que decidiu se revelar.
Defeitos, os mais loucos sonhos, a timidez, os óculos.
Tudo aquilo que lhe restou, tudo aquilo que um dia foi.
Sabe, ele nem gostou muito do que viu.
Mas essa era a única forma de voltar a ser.
E quem sabe, voltar a ter aqueles que perdeu…

\”Pois tudo o que está escondido será descoberto, e tudo o que está em segredo será conhecido.\” (Marcos 4:22)


\”Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus.\” (João 3:21)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s