Poesia

Uma fábula em poesia

Dois insetos vivendo na mesma estação:
Tempo de sol ardente,
Chão quente e
Colheita abundante.

Dois insetos com preocupações diferentes:
A formiga no trabalho labutante,
A cigarra nas festas saltitante.

A formiga pensando
No inverno próximo,
A cigarra aproveitando
O verão ao máximo.

Então, para surpresa da cigarra
E para expectativa da formiga,
O verão se finda
E o inverno se inicia.

A formiga, despreocupada,
Aproveita o fruto de sua jornada.
A cigarra, despreparada,
Enfrenta o frio e a geada. 


*Criei essa poesia em 28/09/2007, como parte de uma atividade do Curso de Comunicação
**Imagem daqui

2 comentários em “Uma fábula em poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s