Poesia

Os Bons Momentos do Dia


Às vezes me vejo como um robozinho. O despertador toca e inicia-se a jornada minimamente cronometrada. Um ritual com poucas variáveis: arrumar-se, tomar café, conferir a bolsa, devocional, carona até o ponto de ônibus.

E o dia vai seguindo assim, no seu próprio ritmo. Depois dele, vem o outro e quando se vê, a semana já passou. Mesmo que me esforce para incluir novidades no meu dia, a tal rotina acaba se tornando inevitável.

Então, o que me faz sentir que estou vivendo e não apenas passando por essa vida? Os momentos. Sim, aqueles momentos simples e maravilhosos que acontecem no meio dessa loucura do dia a dia.

Se eu paro para prestar atenção, percebo que o dia é recheado deles. Um e-mail de um amigo, um caso contado pelo meu pai, a comida caprichada feita pela mãe, ouvir uma boa música.

Já faz tempo que deixei de esperar grandes acontecimentos para estar feliz. É claro que o casamento de um amigo, a formatura da irmã e a tão planejada viagem são marcos na nossa história, que geram grandes expectativas de felicidade. Mas não são os únicos!

Cada dia tem sim o seu valor.
Um verdadeiro presente de Deus, prontinho para desfrutarmos.  
Saber decifrar isso fará toda a diferença.
Saber aproveitar e se maravilhar com os momentos tão simples e corriqueiros, fará com que sentimos a vida com toda a beleza que ela tem. 


*Texto meu também publicado em Blog Mais Viver Unimed Paulistana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s